Somos Editora

Categorias



Autores

clarindo

Clarindo dos Santos

Aeronáutica

nelson

Nelson de Souza Taveira

Aeronáutica

Miguel

Miguel von Behr

Biomas

imprensa

Neide Pereira Pinto

Infantojuvenil

cabral

Luiz Fernando Cabral

Aeronáutica

maceioka

Fernanda Britto

Meio Ambiente

sergio

Kibo

Quadrinhos - Vida de Cachorro

Faro

Irenio de Faro

História e Cultura



Blog

Autores & Convidados

Faro

Embraer vence contrato de defesa nos EUA

Irenio de Faro

Empresa fornecerá 20 aeronaves de ataque leve para a Força Aérea dos Estados Unidos. Negócio está avaliado em US$ 427 milhões.


A Força Aérea dos Estados Unidos anunciou  a Embraer Defesa e Segurança como vencedora da concorrência avaliada em US$ 427 milhões para o fornecimento inicial de 20 aeronaves Super Tucano para o programa LAS (Light Air Support), ou apoio aéreo leve.
Há ainda a expectativa de compra de mais aeronaves, podendo chegar ao total de 55, em um contrato de até US$ 1,1 bilhão.
Essa é a segunda vez que a fabricante com sede em São José dos Campos é declarada vencedora.
Em janeiro de 2012, os Estados Unidos suspenderam a compra, em decisão motivada pela abertura de processo pela norte-americana Hawker Beechcraft, ‘rival’ da Embraer, excluída da disputa em novembro de 2011 por não atender exigências previstas.
As aeronaves serão fornecidas em parceria com a Sierra Nevada Corporation e utilizadas em missões de treinamento avançado em voo, reconhecimento aéreo e apoio aéreo tático, com finalidade de operar em missões de vigilância de fronteira e ataques contrainsurgência no Afeganistão e segurança nacional.
“Esta escolha confirma que o A-29 Super Tucano é a aeronave mais efetiva para as operações LAS. Estamos prontos para começar a trabalhar e honrados em poder apoiar o governo dos Estados Unidos e seus parceiros com a solução de melhor custo-benefício”, disse em nota Luiz Carlos Aguiar, presidente da Embraer Defesa e Segurança.
Além das 20 aeronaves, o contrato inclui equipamentos para treinamento de pilotos no solo, peças de reposição e apoio logístico. A aeronave selecionada para o programa LAS será construída em Jacksonville, Flórida.
“Nosso compromisso é avançar com a estratégia de investimentos nos Estados Unidos e entregar o Super Tucano no prazo esperado e conforme o orçamento contratado”, afirmou Aguiar.
A Embraer não informou quando será o início das entregas. Anteriormente, as primeiras entregas estavam previstas para o 3º  trimestre de 2014.

Concorrência. Com a vitória, a Embraer bateu um único adversário na concorrência, o AT-6, da norte-americana Hawker Beechcraft.
Fornecer equipamentos militares para os Estados Unidos não é uma tarefa fácil, transformando o Super Tucano da Embraer em ‘vitrine’ no mercado internacional.

Venda vira ‘vitrine’ internacional

Com a vitória na concorrência nos Estados Unidos, a Embraer entra no maior mercado de defesa do mundo.
Para Marcos José Barbieri Ferreira, pesquisador de indústria aeronáutica e defesa e professor da Unicamp (Universidade Estadual de Campinas), a vitória consolida a fabricante como uma grande concorrente mundial. “Essa venda mostra a qualidade e a competência que a Embraer tem. É uma grande vitória”, disse Barbieri. Segundo ele, o Super Tucano deve ser visto, a partir de agora, como uma grande aeronave no mercado.
“Se tornará uma vitrine para outros países com toda a certeza. Isso é importante no cenário aeronáutico”, afirmou.
Segundo a Embraer, a aeronave está em operação em nove forças aéreas ao redor do mundo e, há mais de cinco anos, emprega armamentos inteligentes em missões operacionais reais.

__________________________________________________________

Confira nossa linha de livros infantis!





4 respostas para “Embraer vence contrato de defesa nos EUA”

  1. É com muita tristeza que ao acordar hoje abri o e-mail e li a notícia do falecimento do Querido Tio Irênio. Queria aproveitar esse espaço para deixar uma última homenagem a uma pessoa que sempre admirei desde a infância e com o passar dos anos, apesar da longa distância, sempre guardei o contato com ele por e-mail e já aqui estive algumss poucas vezes comentando um ou outro artigo escrito por ele.
    A última vez que nos vimos foi em julho de 2010 quando, de passaagem por São José dos Campos, almocei com ele, a Tia Cildinha e as primas Vânia e Bruninha.
    Quanta felicidade e orgulho que ele teve em janeiro desse ano com a formatura da neta Bruna.
    O jornalismo brasileiro está de luto por ter perdido hoje um de seus maiores expoentes! Nós, a família, os amigos, enfim, a “galera amiga” como éramos carinhosamente chamados por ele nos seus e-mails, vamos ter que aprender a viver e a conviver com o vazio que a sua ausência física vai deixar.
    À Tia Cildinha, aos primos Vânia, Fernando e Bruna os sinceros sentimentos.
    Só me resta agora rezar e guardar para sempre as boas lembranças de seu bom humor, dinamismo, inteligência, enfim, de sua passagem nesta dimensão.

    Ocenilda Santana de Sousa, Verviers – Bélgica

    • neide disse:

      Bom dia Ocenilda!

      Nós também estamos muito tristes com o falecimento de um grande amigo.

      Durante os anos que esteve conosco ele nos proporcionou informações de qualidade e compartilhou seu vasto conhecimento sobre a aviação e a história de São José dos Campos.

      Faro deixa para nós, não apenas seu vasto conhecimento como jornalista, deixa a saudade de um grande amigo e o exemplo de uma pessoa que sempre pautou sua vida pela honestidade, humildade e dedicação a profissão, a família e aos amigos.

      Um forte abraço, estamos juntos em oração para o amigo.

  2. Boa noite, Neide,

    Obrigada pelas lindas palavras direcionadas ao meu querido Tio Irênio. Aqui do outro lado do oceano a ficha ainda não caiu. Faz tantos anos que costumava abrir quase que diariamente o e-mail e era raro o dia em que não recebia notícias dele. Inclusive, os quatro últimos e-mails que recebi foram dois no dia 28.02.13 e dois no dia 01°/03/13 que memorizei nos meus arquivos para guardá-los como uma última lembrança. E agora como conviver com o vazio de que nunca mais isso irá acontecer?
    Gostaria tanto poder acordar e pensar que tudo isso não passou de um pesadelo! Quando a gente vive longe é difícil acreditar que alguém como ele tenha partido! Acho que a ficha ainda vai demorar muito tempo antes de cair! Enquanto eu não voltar a São José dos Campos, acho que vou estar sempre tendo a ilusão de que estou tendo um pesadelo e que ao acordar vou abrir o e-mail e encontrar vários e-mails endereçados à galera amiga!
    Faço minhas as suas palavra, caríssima Neide, além do vasto conhecimento como jornalista, o Tio Irênio vai deixar esse legado para nós, um grande amigo que tinha como os principais valores todos esses tão bem enumerados por você: “honestidade, humildade e dedicação à profissão, à família e aos amigos.
    Obrigada por compartilhar conosco as suas preces.
    Um grande abraço.

    Ocenilda, Verviers – Bélgica

  3. [...] Aviação e Espaço [...]

Deixe uma resposta


7 + = 11



Somos Editora | Av. Dr. Adhemar de Barros, 1817 | São José dos Campos | SP | Fones: 12 3322-9113 / 3322-9114 | email: contato@somoseditora.com.br